Um ano depois

Faz um pouco mais pouco mais de um ano, na verdade, que voltei para Porto Alegre para cuidar da minha vó e acompanhar seus últimos meses de vida. Muita coisa mudou, porém já vou adiantando que não melhorei ainda, não me curei e desde sua morte tenho constantes sonhos com ela. Aprendi que posso sentir saudade mesmo aceitando o fato de morte ser algo tão natural. Essa frase é óbvia pra você? Bom, não era para mim.

Ainda sinto vontade de me comunicar e adorei ler os comentários na última publicação, obrigada a todo mudo que compartilhou histórias e desejou algo bom.

E se tiver alguém aí ainda, em breve vou colocar conteúdo novo por aqui :) mas vai ser bem diferente de antes. Até logo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...