Duas dicas para economizar com serviços básicos


Garanto que vocês também sofrem (ou vão sofrer no futuro) com dois dos meus maiores problemas: tarifas bancárias e tarifas de cartão de crédito. Nunca entendia os valores cobrados e nunca pareceram justos. Para manter uma conta corrente básica a soma chega perto dos R$200 por ano. Já as taxas do cartão de crédito variam entre R$90 anuais até R$130. Vale lembrar que contas universitárias conseguem tarifas menores, mas por tempo limitado, e contas com maior movimentação (tanto de dinheiro quanto serviços) pagam taxas maiores.

A soma anual R$300 por ano em tarifas pode não assustar alguns, mas me assusta muito! Principalmente quando multiplico o valor por vários anos. Em cinco anos vão ser pelo menos R$1500 que gastei sem nem entender o porquê, mas felizmente tem como evitar esses gastos.

// Conta corrente digital
Sou cliente do banco Itaú e adoro o serviço deles, porém cansei de pagar por tarifas que aumentam a cada ano e por isso fiz uma reclamação por telefone. A atendente me deu uma solução: a iConta, a conta corrente digital do Itaú. Se você opta por esse serviço nenhuma tarifa é cobrada para serviços feitos pela internet, telefone ou direto nos caixas eletrônicos. Se eu preciso de uma ajuda que só um gerente pode realizar vão me cobrar a parte, mas como só precisei de um no dia que abri minha conta (há uns cinco anos atrás) não pensei duas vezes em mudar minha conta para a digital.

Se você se interessou e já possui conta Itaú é só ir na sua agência, assinar um novo contrato e esperar o novo cartão. Não demora nem 10 minutos. Se você é cliente novo vai ter que passar pelo cadastro comum e pode demorar mais, mas vale a pena pela economia. Imagino que outros bancos também devem oferecer essa opção.

// Cartão de crédito sem anuidade
Apesar da minha conta corrente não possuir tarifas, meu cartão ainda tinha as cobranças normais. Existem diversos cartões de crédito que oferecem anuidade zero, porém como sou autônoma acaba sendo difícil de declarar renda e o limite que me oferecem é muito baixo. Até que peguei a dica da Amanda Arruda e tentei a sorte com o Nubank.

O Nubank não é um banco, é na verdade uma administradora de cartões MasterCard. A ideia da empresa é oferecer uma relação nova com o cartão crédito para quem não quer mais complicação. Para ter um Nubank você só precisa ter mais de 18 anos, ser residente do Brasil e ter um smartphone porque tudo que você vai fazer e consultar vai ser pelo aplicativo. O cartão emitido é internacional, platinum e é aceito em qualquer lugar que passe a bandeira MasterCard. Você só vai pagar juros se atrasar, fazer saques ou parcelar uma fatura e mesmo assim não vai doer tanto no bolso porque as taxas do Nubank são bem mais baratas que as de outros cartões.

Tirei algumas telas do aplicativo para vocês visualizarem como facilita a vida:


1 // Tela inicial: Quando você abre o aplicativo já dá de cara com uma timeline de compras e outros detalhes. Aquela barrinha colorida ali do lado corresponde ao seu limite. O que está em verde é o equivalente ao que ainda está disponível. O que está em rosa corresponde a parte do seu limite que está comprometido com a fatura atual. Em azul é o limite comprometido com a próxima fatura. Em amarelo é o quanto seu limite está comprometido com as demais futuras faturas.

2 // Tela da detalhada: Quando deslizamos o dedo no aplicativo é essa tela que encontramos. Tem as opções do cartão, do aplicativo e até uma seção para pedir atendimento. Além disso tem um resumo das faturas com os valores e mostra seu limite disponível.

3 // Tela da fatura: A tela da fatura mostra as compras feitas, o valor total, a data de vencimento e se a fatura estiver fechada aparece um botão para gerar o boleto para pagamento.

Super simples, né? Mesmo assim não dá pra relaxar tanto, cartão de crédito pode se tornar um inimigo se não usado corretamente, mas acho que o Nubank organiza tanto as despesas que fica bem mais fácil de visualizar os nossos gastos e isso pode te ajudar a controlar as finanças.

Vocês ainda pagam tarifas bancárias? Acham que vale a pena?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...