Tentando dormir

As vezes deito a cabeça no travesseiro penso em tudo que tenho saudade. Penso na minha cidade natal, nos meus amigos que hoje nem falo mais, na minha mãe e nos meus avós. Lembro das tardes de verão que passava com meus primos vendo TV, uma Phillips de 14 polegadas que o controle não funcionava mais e ficávamos revezando para ver quem ia mudar o canal ou aumentar o volume. Sempre tinha sorvete napolitano, três bolas para cada um e só.

Lembro de quando eu era pré-adolescente e vivia algumas turbulências, vivia impaciente e destratei minha mãe e quem eu amava, me arrependo muito de não ter auto-controle naquela época. Mas quem aos 13 anos consegue ser racional? Também sempre me vem a mente um dia que eu estava bem triste e minha cachorra sentou perto de mim. Fiquei chorando que nem uma condenada com a bichinha do meu lado, quietinha, me consolando com a presença dela.

Até ia me prolongar mas deixa pra lá. Daqui a pouco chega o sono e passa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...